Energias renováveis: Nova tendência para economia nos serviços públicos

Vivemos um dos momentos mais difíceis no que se refere a gestão públicas, os cofres municipais estão cada vez mais vazios e faz-se necessário a implantação de medidas que venham reduzir custos. A implantação de fontes de energias renováveis nos prédios públicos pode gerar uma economia de até 70% no consumo mensal.

As Câmaras podem desenvolver este debate nos parlamentos propondo a substituição gradativa de energia elétrica por outras modalidades ditas renováveis.

INDICAÇÃOEnergiaSolarNasRepartições

Fábio Tajra

Escola Legislativa da UVC

Twitter

Instagram

Newsletter